segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Inauguração da Sede da Casa do Maranhão no Rio de Janeiro

A Colônia Maranhense da cidade do Rio de Janeiro foi fundada oficialmente no ano de 1967 e desde então vem realizando anualmente a Festa do Divino Espírito Santo, sem interrupções.

As festividades têm início com o levantamento do mastro, quinze dias antes do domingo de Pentecostes, a data máxima da comemoração, quando ocorre a missa, com o toque das caixeiras, a procissão e a coroação do Império, seguida de grande e farto almoço aberto a todos que desejarem participar. No dia seguinte, há a passagem do trono e a derrubada do mastro.

Ocorrendo, em sua maior parte, no clube da Associação de Servidores Civis da Aeronáutica (Ascaer), na Ilha do Governador, o evento tem contribuído para que os migrantes maranhenses, seus descendentes e amigos dêem continuidade às tradições culturais e religiosas populares de seu estado natal.

Há cerca de três anos, a Colônia recebeu da Prefeitura do Rio de Janeiro a concessão para se instalar em uma sala no Centro da cidade, parte de um conjunto arquitetônico do século XIX tombado pelo Município. Devido à sua deterioração física, foram necessárias diversas obras – custeadas pela própria colônia através, principalmente, de doações, para que o imóvel tivesse condições de ser utilizado.

Assim, no próximo dia 10 de setembro, a partir das 17 horas, acontecerá a inauguração oficial da Casa do Maranhão, localizada na rua Senador Pompeu 34, Centro. O local fica próximo à rua e ao morro da Conceição.

Programação:
17h - Abertura oficial
18h - Caixeiras do Divino (Ladainha)
19h - Cacuriá (Grupo As Três Marias)
20h - Tambor de Crioula (Cia. Mariocas)
20h30 - Bumba-Meu-Boi (Boi Brilho de Lucas)
22h - Encerramento com Bloco Tradicional Os Mariocas

Um comentário:

  1. A cultura do Maranhão pede passagem!vamos prestigiar!!!!

    ResponderExcluir